Diagnósticos

Diagnóstico Quantitativo

O diagnóstico quantitativo é aquele que se refere a massa corpórea ou ao excesso de gordura corporal.
O Índice de Massa Corporal (IMC) é reconhecido como padrão internacional para avaliar o grau de obesidade.
O IMC é calculado dividindo o peso (em kg) pela altura ao quadrado (em m).

Diagnóstico Qualitativo

Diagnóstivo Qualitativo é o padrão de distribuição da gordura corporal (indicador da presença de adiposidade visceral).

Obesidade tipo GINECÓIDE (periférica ou pêra)

imagem_obesidade_androide
Excesso de gordura localizada na região abdominal ou tronco, mais freqüente no sexo masculino.
Apresenta maior correlação com complicações cardiovasculares e metabólicas.
Obesidade tipo ANDRÓIDE (upper ou maçã)
imagem_obesidade_ginecoide
Excesso de gordura localizada na região dos quadris, mais frequente em mulheres.
Apresenta maior correlação com complicações vasculares periféricas e problemas ortopédicos e estéticos.
Outros métodos auxiliares no diagnóstico Qualitativo:
– Relação cintura/quadril;
– Métodos de imagem (tomografia e ressonância magnética);

Bioimpedância

A Bioimpedância é um método utilizado para avaliar a composição corporal, que é representada pela divisão do peso do nosso organismo, em massa magra (músculos, ossos e vísceras), massa gorda (gordura) e água corporal total.
Substitui com vantagem o método da somatória das medidas da espessura das pregas cutâneas.
imagem_balanca
Aceitam-se como valores normais:
ok < que 25% de tecido adiposo para homens
ok < que 33% de tecido adiposo para mulheres
Para que serve e qual sua importância
A comparação entre várias avaliações de um mesmo paciente mostra a principal importância deste método, pois estas comparações propiciam um efetivo acompanhamento do programa de redução de peso.
imagem_bio_1
Preparo para avaliação

A Bioimpedância é um método muito sensível às variações do estado hídrico corporal.

Portanto, alguns cuidados devem ser tomados como:

– Não comer ou beber durante 04 horas antes do teste;
– Esvaziar a bexiga 30 minutos antes do teste;
– Não consumir álcool 48 horas antes do teste;
– Não utilizar diuréticos durante 07 dias antes do teste, exceto no caso de indivíduos hipertensos, que devem estar sob rigoroso controle médico.

Seguindo estas orientações certamente seu teste mostrará um resultado eficaz, trazendo assim benefícios ao acompanhamento médico.