Hérnias

Cirurgia de Hérnia

hernias

Hérnia é a passagem de parte do conteúdo abdominal por um orifício da parede abdominal que pode ser natural ou adquirido.

Entre as naturais temos a hérnia inguinal que é a mais comum, hérnia umbilical, hérnia femural e hérnia de hiato.

Entre as adquiridas existem as pós-operatórias que são as hérnias incisionais e as que ocorrem após traumas como a hérnia diafragmática.

O único tratamento é o cirúrgico.

Existem pacientes que optam por não operar principalmente quando não tem sintomas mas as complicações da cirurgia são menores do que as da hérnia.

A maior parte das hérnias podem ser tratadas por vídeolaparoscopia que tem recuperação mais rápida e menor dor no pós operatório.

 

hernias12

hernia_orificio

herniorrafia-aberta

Usualmente colocamos tela para corrigir o defeito na parede pois o uso da tela diminui o índice de recidiva da hérnia e a dor. Ocasionalmente podemos não usar tela.

Problemas como obstipação, prostatismo ou uso de medicamentos que interfiram na coagulação sanguínea devem ser informados ao cirurgião.

Existem duas maneiras de tratamento da hérnia inguinal.

A primeira, a tradicional que é feita com um pequeno corte na virilha e com pontos fechando o defeito ou com tela, fixada com pontos, fechando o defeito.

Normalmente no dia seguinte damos alta hospitalar. O paciente pode caminhar, subir escada e dirigir se estiver confortável. Não deve realizar esforços como carregar peso, abdominais, andar de bicicleta ou empurrar objetos pesados.

As principais complicações desta técnica são:

Hematoma abaixo da pele que é uma coleção de sangue que se formou depois da cirurgia, as vezes dias depois e que normalmente não precisa ser feito nada. Ocasionalmente o sangue escorre para a bolsa escrotal ocasionando aumento do volume e deixando roxo mas não cai! Causa incômodo mas o tratamento é conservador.

Seroma que é o acúmulo de líquido abaixo da pele e que quando volumoso esvaziamos por punção com agulha de injeção, não dói!

Abscesso que é a infecção na ferida com acúmulo de pus sendo necessário o Uso de antibióticos, normalmente esvaziamos o pus por punção que pode ser repetida várias vezes principalmente se foi usado tela. Normalmente não é necessário retirá-la.

Neurite que é uma dor queimada que pode incomodar bastante, que normalmente passa em até três meses e é causada por um ponto que englobou um pequeno ramo de nervo. Quando a dor não passa, com anestesia local retiramos o ponto através de um pequeno corte.

A segunda maneira é por vídeolaparoscopia em que o defeito é corrigido com uma tela colocada pelo lado de dentro do abdômen e fixada com grampos metálicos. São feitos três pequenos orifícios no abdômen por onde introduzimos o material da cirurgia.

A alta hospitalar é dada no dia seguinte com os mesmos cuidados da cirurgia convencional.

 

Veja os vídeos

Hernia Repair Inguinal Surgery 1

 

 

Cirurgia Hérnia